Carrefour compra 90 Iveco Daily movido a gás

Iniciativas assim não saem do discurto de sustentabilidade

No segmento de transporte de cargas e passageiros, diferentemente do transporte individual, a transformação de frotas a diesel por veículos movidos por combustíveis mais limpos precisa ser por meio de parceria entre grandes frotistas e fabricantes dos veículos. Muitas iniciativas são vistas na Europa nesse sentido e raras no Brasil.
O exemplo mais recente vem do Grupo Casino, que no Brasil, é dono da rede de supermercados Carrefour. Lá, a Iveco acaba de assinar um contrato para fornecer 90 unidades do Daily Hi-Matic Blue Power NP à O’Logistique, braço logístico do Grupo Casino. As entregas serão a partir de 2020.

O Daily Hi-Matic Blue Power NP funciona com gás natural comprimido derivado da fermentação de biomassa (Bio-GNC). Os modelos serão implementados com baús refrigerados e utilizados para entregas domiciliares em Paris, na França.

O motor movido a Bio-GNC é também mais silencioso em relação aos motores a diesel, o que viabiliza as entregas noturnas.

Em termos de redução de emissão de poluentes, o Bio-GNC apresenta bons resultados em comparação com o diesel: -76% de material particulado, -12% de NOx e -95% de CO2.

O Daily Hi-Matic Blue Power NP, vencedor do “International Van of the Year de 2018”, utiliza uma moderna caixa de marchas que proporciona uma redução de 2,5% no consumo de gás em comparação a uma caixa manual. Em comparação com o diesel, a economia é de 40% em cada abastecimento.

Não foi informado o valor da negociação, mas nos bastidores, fontes da indústria automotiva dizem eu um veículo comercial a gás custa de 30% a 40% mais caro do que um a diesel, bem mais viável do que um elétrico, que custa de 300% a 500% mais caro.

No Brasil


McDonald’s também investe em logística mais limpa, mas só na Europa
Único projeto robusto de transformação de frota ocorre entre a Volkswagen Caminhões e Ônibus com a Ambev, envolvendo 1.600 caminhões com propulsão elétrica para a entrega de bebidas.

A Scania trabalha firme para viabilizar ônibus e caminhões movidos a gás, inclusive, com uma unidade do R 410 em teste com a Citrosuco. Há também modelos de ônibus movido a biometano da marca que rodam em demonstração em todo o país, mas ainda, nenhum frotista realizou uma aquisição robusta e de forma concreta.


Scania G 340 movido a gás está pronto para venda no Brasil, apenas a esperada de compradores que queiram ter uma frota mais sustentável. Foto: Scania
A Natura, com sua imagem bastante ligada a sustentabilidade, há anos que começou algumas iniciativas de frota com combustíveis renováveis, porém, nada avançou além das fases de projetos experimentais.
Fonte: Transporte Mundial

Nenhum comentário

Deixe seu comentário...