IMA vai notificar transportadora por derramamento de óleo após acidente na BR-101, em Alagoas


Houve uma explosão quando duas carretas colidiram entre Murici e Flexeiras. Óleo derramado na pista atingiu estação ecológica localizada em Área de Proteção Ambiental (APA).


O Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL) vai notificar a transportadora responsável pela carreta que se envolveu em um acidente e explodiu na BR-101, entre Flexeiras e Murici, na terça-feira (19). Técnicos do IMA fizeram uma vistoria na região e constataram que o óleo que era transportado pelo veículo vazou e atingiu a Estação Ecológica (Esec) que fica dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) de Murici.

As duas carretas transportavam combustível, mas o vazamento aconteceu apenas em uma delas. Foram derramados 45 mil litros de óleo diesel na pista, segundo o IMA.

A equipe que esteve no local para avaliar as proporções do acidente constatou que o óleo diesel derramado atingiu o solo e a vegetação. A Esec de Murici é uma unidade de conservação federal. Já a APA, é de domínio estadual.

O valor da multa a ser paga pela empresa pode chegar a R$ 100 mil reais. Além disso, o IMA informou que a transportadora responsável terá que fazer a remediação da área impactada e a remoção do solo contaminado pela substância.

“No momento, estamos dimensionando os impactos a partir das informações coletadas e das imagens feitas através de drone sobre a área afetada pelo vazamento”, disse Epitácio Correia, gerente de Fauna, Flora e Unidades de Conservação do IMA/AL que esteve no local para a avaliação do impacto ambiental.

Equipes do Corpo de Bombeiros, IMA, ICMBio foram até o local após o acidente, além de uma equipe direcionada pela própria transportadora para evitar que o combustível se espelhasse mais.

Na ocasião do acidente, o motorista de uma das carretas morreu.
Fonte: G1

Nenhum comentário

Deixe seu comentário...