Após sete dias, rodovia BR-163 é totalmente liberada para escoar safra

Caminhão branco iveco

BR-163 ficou vários dias bloqueada

A BR-163, importante via para o escoamento de grãos do norte de Mato Grosso aos portos do Pará, voltou a ser liberada nos dois sentidos nesta sexta-feira, informou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit).

A estimativa é que até o fim do dia cerca de 2 mil carretas passem pelos postos de controle entre Novo Progresso e Moraes Almeida (MT), trecho que ficou fechado por uma semana.

Nos dois últimos dias, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, percorreu esse trecho. Ele também participou de reuniões de coordenação e avaliação com as equipes que estão atuando 24 horas na operação de conserto da rodovia e apoio aos caminhoneiros.

O ministro informou que a conclusão do trabalho de asfaltamento do trecho de 49 km entre as cidades é prioridade no Ministério e do Dnit. “2019 será o último ano em que teremos essa dificuldade no trecho. A BR- 163 é prioritária para nós. No ano que vem, essa pista estará asfaltada para o transporte da safra”, disse em nota.


Na quinta-feira, o sentido sul foi liberado e passaram 1,2 mil veículos que retornaram dos portos a Mato Grosso.

O tráfego de caminhões a partir de Guarantã do Norte (MT), que também estava bloqueado para impedir filas de carretas nos acostamentos, também foi liberado, segundo o Dnit, mas os veículos passarão mediante pesagem.

Na última semana, uma fila de 3 mil caminhões formou-se na BR-163, devido ao excesso de buracos na pista, o que impediu a exportação de aproximadamente 200 mil toneladas de soja pelo porto de Barcarena.
Fonte: Beef Point

Nenhum comentário

Deixe seu comentário...