ROUBO DE CAMINHÕES NA ESTRADA: COMO PROCEDER E EVITAR

COMO PROCEDER E EVITAR NO MOMENTO DE PRESSÃO

Os profissionais que trabalham com transporte de carga sabem que ano após ano tem havido um aumento no roubo de cargas e com isso, suas vidas têm sido colocadas constantemente em risco.


Além do aumento do risco para os caminhoneiros, esses roubos também tem causado grandes prejuízos ao setor produtivo do Brasil, pois nem o sistema de rastreamento das cargas e mesmo o aumento da força policial têm surtido efeito contra as ações dos bandidos. 


De acordo com levantamento realizado pela gerenciadora de riscos Brasil Risk, o número de ocorrências cresceu, com um aumento de 22% nas ocorrências totais, comparando ocorrências do primeiro semestre de 2017 com o mesmo período do ano de 2016, causando um prejuízo aproximado de mais de R$ 5 bilhões.


Por isso, é preciso que o caminhoneiro saiba como se comportar, caso venha a ser exposto a este tipo de ocorrência, assim como também como conseguir evitar passar por este tipo de situação. Vejamos abaixo como agir nestes casos:


O que fazer para evitar ser mais um caminhoneiro vítima de bandidos


Infelizmente, qualquer caminhoneiro pode ser vítima dos bandidos de cargas, porém é possível evitar que isso aconteça. Mas como?


É necessário que o caminhoneiro esteja sempre atualizado quanto aos índices de criminalidade nas regiões do Brasil. 


Consideramos trechos da BR-116, entre Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro, da SP-330, entre Uberaba e Santos, e da BR-050, entre Brasília e Santos os mais perigosos sendo nítido que nesses locais há uma boa concentração de quadrilhas especializadas neste tipo de roubo.


O que mais tem atraído as quadrilhas são cargas de cigarros, combustíveis, bebidas, produtos alimentícios, produtos farmacêuticos, produtos químicos e material têxtil, ou seja, as cargas de maior valor agregado. 


Existem algumas dicas para que podem te ajudar a não ser uma das vítimas e abaixo expomos algumas delas:


 


Instalação de um geolocalizador no veículo

Mediante os diversos casos de roubos de cargas, é preciso que o caminhão tenha como ser rastreado, não somente para garantir a segurança do motorista, mas também da carga.


Ademais, com o geolocalizador é possível traçar rotas alternativas, quando estiver diante de um congestionamento e, é uma excelente forma de fazer com que o seguro das cargas fique mais barato.


Modificação das rotas

Busque rotas alternativas para poder fazer o transporte dos produtos, justamente para que não seja uma presa fácil.


Ao alterar as rotas de forma frequente, a probabilidade de ser assaltado é reduzida.


 


Procure não informar sua rota ou carga para pessoas desconhecidas

Infelizmente, devido ao grande percentual de assaltos nas estradas, quanto menos pessoas souberem as suas rotas ou cargas transportadas, melhor.


 


Não pare em qualquer lugar da estrada

Um dos grandes erros dos caminhoneiros é fazer paradas em locais desprotegidos. Portanto, sempre que for fazer a parada para o descanso, procure sempre lugares seguros.


 


Viaje com outros caminhoneiros

Sempre que possível faça transportes dos produtos em comboio, assim como também combinem entre si códigos de comunicação, justamente para que possam saber quando alguns de vocês se sentirem inseguros ou visualizarem algo estranho no percurso.


 


Não ofereça caronas

Os caminhoneiros devem evitar dar caronas. Infelizmente, com a violência existente, pode ser uma armadilha.


Portanto, evite problemas, não dê caronas.


 


Redobre os cuidados em determinadas estradas

O caminhoneiro deve redobrar a atenção em algumas estradas, como a Fernão Dias, Bandeirantes, Dutra, Anhanguera e Castelo Branco. São nestas rodovias que costumam acontecer a maior parte dos assaltos.


Fique sempre atento e, verificando algo estranho, entre em contato com a Polícia Rodoviária.


 


Como proceder ao roubarem a carga que transporta


Sofrer um roubo é algo muito ruim e traumatizante para qualquer um, porém é necessário tentar manter algumas atitudes que não te coloquem em maior exposição, tais como: não reagir jamais e se possível manter a calma.


Após o término do roubo, entre em contato com a Polícia Rodoviária Federal por meio do número 191, se estiver trafegando por uma Rodovia Federal.  Caso o roubo tenha ocorrido em perímetro urbano, entre em contato com a Polícia Militar por meio do número 190.


Entre em contato rapidamente com a empresa para que seja acionado o seguro da carga e do veículo.


Faça o Boletim de Ocorrência, o mais rápido possível, pois este documento será necessário para acionar o seguro e abrir investigações. 

Fonte: Vida nova cred

Esta postagem foi publicada em 7 de janeiro de 2019 00:52

Compartilhar
admin_brasildotrecho

Deixe um comentário

Postagens recentes

Com a redução do ICMS o preço da gasolina tem baixas nos postos de combustíveis

Governador do RJ comenta que haverá fiscalização e que postos poderão ser multados se recusarem…

5 horas atrás

Mercedes “Terezona” de 1924 a 1934

Essa linha de caminhões ficou conhecida como Terezona, em que a cabine era muito quente…

5 horas atrás

Mais de 50 caminhões são recuperados pela polícia em operação contra roubo de cargas

Mais uma ação bem sucedida da Polícia Civil e da Polícia Rodoviária Federal, desarticulando organização…

5 horas atrás

Modelo de caminhão D – 11000 o maior sucesso da FNM

Você sabia que a FNM chegou a produzir motores de avião, geladeiras, compressores, tampinhas de…

7 horas atrás

Veja como cadastrar o auxílio caminhoneiro e quem tem direito

Nesta quinta (30) a PEC – Proposta de Emenda à Constituição que prevê o aumento…

8 horas atrás

Caminhoneiro sobrevive ileso a acidente por milagre

A imagem é assustadora, mas, o motorista sobreviveu Já viu aquela frase, "nasceu de novo"?…

11 horas atrás