Registros de excesso de velocidade nas estradas já ultrapassam 5 mil neste feriadão de Natal

Registros de excesso de velocidade nas estradas já ultrapassam 5 mil neste feriadão de Natal

Registros de excesso de velocidade nas estradas já ultrapassam 5 mil neste feriadão de Natal

Entre sexta-feira (21) e segunda-feira (24), a Polícia Rodoviária Federal (PRF)  registrou mais de 5 mil flagrantes de excesso de velocidade nas rodovias federais que cruzam Minas Gerais. O número total de ocorrências do feriado de Natal será divulgado na quarta-feira (26) pela PRF.

Somente durante uma fiscalização feita no início da manhã desta terça (25), entre as 9h20 e 12h20, foram registrados 282 flagrantes na BR-040. Todos na altura do km 566, em Nova Lima.

De acordo com as informações da PRF, a velocidade máxima permitida no trecho, próximo da entrada do Topo do Mundo, é de 100  km/h. Alguns carros quase dobraram a velocidade permitida, chegando a 180 km/h.

Ainda segundo a PRF, o trecho é um dos que registra maior índice de acidentes na BR-040.  

Cuidado

Além da prudência ao volante e o respeito à sinalização e às regras de trânsito, algumas dicas podem ser úteis para aqueles que ainda não encararam a estrada na volta do feriado. Confira algumas delas, dadas pela PRF:

- Descanso: Durma bem antes de qualquer viagem de automóvel. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura.

- Planejamento: o motorista deve se informar sobre as distâncias que irá percorrer, as condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo.

- Revisão preventiva: Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de parabrisa e luzes do veículo.

- Pausas para descanso: O condutor deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da "hipnose rodoviária", na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

- Atenção redobrada: Observar as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. Elas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

- Cinto de segurança: Use sempre o cinto de segurança, este equipamento é obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

Em caso de chuvas, alguns cuidados especiais também podem ser tomados. Confira algumas das orientações dadas pelo tenente Herman Ameno, do setor de comunicação do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais:

- Durante as chuvas, é possível que haja uma neblina na estrada. Por isso, é importante ligar os faróis baixos, manter uma distância segura do veículo à frente, evitar realizar ultrapassagem em lugares inapropriados, não parar na pista nem trafegar pelo acostamento.

- Se houver uma aquaplanagem e o carro derrapar, o motorista deve manter a calma, segurar firme o volante e não frear. Não se deve mexer o volante para um lado e para o outro, é importante esperar o carro voltar ao trajeto normal.

- Se acontecer um acidente com você, saia do veículo e verifique se houve vítimas. Quem estiver bem deve sair do carro e ir para um local seguro, porque existe a possibilidade de o veículo acidentado ser atingido por outro. Faça a sinalização da melhor forma possível com o triângulo e galhos de árvore. Você pode chamar o Corpo de Bombeiros pelo 193, o Samu pelo 192 ou a concessionária.
Fonte: Hoje em Dia

Nenhum comentário

Deixe seu comentário...