NOVO IVECO TECTOR: MAIS FACILIDADE NA TROCA DE MARCHAS

NOVO IVECO TECTOR: MAIS FACILIDADE NA TROCA DE MARCHAS


Para estar à frente, você precisa de uma gama de semipesados que ofereça condições de otimizar suas atividades de transporte e logística. O Novo Iveco Tector conta com versão cavalo–mecânico 4×2; além da plataforma 4×2, 6×2 e 6×4. É a Iveco trazendo novas alternativas de veículos para as mais variadas aplicações desse segmento. As versões cavalo mecânico 4×2, plataforma 4×2 e 6×2 trazem de série o reconhecido câmbio Eaton FS-6306B de seis marchas sincronizadas à frente e eixo traseiro de duas velocidades. Já a versão 6×2 traz como opção a exclusiva caixa ZF 9S1110 de nove marchas sincronizadas combinada com eixo traseiro de simples velocidade. É a melhor solução para quem utiliza o caminhão em operações eminentemente rodoviárias em trajetos de médias e longas distâncias. Complementando a gama, chega a versão 6×4 que faltava no mercado para o segmento de básculas e de betoneiras. Essa nova versão traz a exclusiva transmissão Eaton FTS 16108LL, de 10 marchas. É a única caixa sincronizada deste segmento e graças a ela, o Novo Iveco Tector é um dos caminhões mais fáceis de ser conduzidos, em um mercado onde faltam condutores especializados. Este modelo ainda vem com chassi reforçado com longarinas duplas para atender às mais severas e exigentes condições de utilização. Todos os modelos incorporam um sistema de engate de marchas desenvolvido no Brasil. O novo engate reduziu em até 50% o esforço exigido na alavanca para a troca de marchas, o que se traduz em maior conforto aos motoristas em suas viagens. O Novo Iveco Tector indiscutivelmente coloca você à frente. E com essa ampla gama de opções que a Iveco preparou para este novo semipesado, estar à frente não vai lhe exigir nenhum sacrifício. Embreagem Diâmetro do disco : 381 mm Câmbio Eaton FS 6306 B 6 marchas sincronizadas à frente Relação de 1ª marcha : 8,03:1 Relação de 6ª marcha : 1,00:1 Diferencial Arvin Meritor MS 23-240 Relação de redução : 4,56/6,21:1




Fonte: Blog do IVECO