Primeiro campeão da Copa Truck precisa de pódio para garantir vaga na final

TRUCK


A última corrida da etapa Mercosul da Copa Truck será decisiva para o piloto Beto Monteiro. Por isso, neste domingo (7/10), o campeão da primeira edição da competição precisará liderar a pista uruguaia de Rivera para assegurar uma vaga na grande final, que será disputada em dezembro, em Curitiba (PR).

Para a classificação ser uma realidade, o piloto da equipe Lucar Motorsport precisa ocupar o primeiro ou segundo lugar do pódio ou, então, fazer dez pontos a mais do que Felipe Giaffone para conseguir ultrapassar classificação do concorrente.

O caminhão já está recebendo os últimos ajustes para que tenha um ótimo desenvolvimento nessa corrida decisiva, com o auxilio da equipe de manutenção junto à oficina de apoio da 4TRUCK, empresa especializada em implementos rodoviários e patrocinadora da equipe até a final da competição.

“Desenvolvemos uma unidade móvel capaz de transportar os caminhões até os locais das competições. Além disso, o implemento comporta uma oficina de apoio e acomodações para a equipe durante as provas”, explica o sócio-diretor da 4TRUCK, Osmar Oliveira.

A necessidade de liderar as voltas da corrida exige uma maior resistência mecânica do caminhão, mas o piloto se sente seguro para isso. “Essa etapa é bastante importante para a minha classificação. O fato de estar respaldado pela minha equipe junto à oficina de apoio, me dá mais segurança caso o caminhão necessite de reparos para seguir a corrida”, afirma Beto Monteiro.

O retrospecto também ajuda o piloto da Lucar a ter boas expectativas para a disputa deste domingo. No ano passado, Monteiro foi o vencedor da mesma etapa.

Antes da corrida final, os pilotos voltam a competir pela Copa Sudeste, na prova de Curvelo, em Minas Gerais, em 28 de outubro.