Empresa de aluguel de caminhão planeja lançar ações em Bolsa

Empresa de aluguel de caminhão planeja lançar ações em Bolsa

Após greve de caminhoneiros, segmento ganha fôlego com aluguel ou aquisição de frota por companhias

A paralisação dos caminhoneiros, em maio, atrapalhou a recuperação da economia, mas teve como efeito o aumento dos negócios da empresa Vamos, braço do grupo de logística JSL que trabalha com aluguel de caminhões e equipamentos agrícolas pesados (tratores e colheitadeiras). Diante da expectativa de continuidade desse movimento e potencial de expansão de clientes, a empresa prepara sua abertura de capital (IPO, na sigla em inglês) e venda de ações.

— A tabela do frete aumentou o gasto das empresas com autônomos. Elas estão buscando alternativas. Querem uma frota própria, mas é um custo alto, então acabam alugando— disse Gustavo Moscatelli, diretor financeiro da Vamos.
Fonte: O Globo