Emplacamentos de caminhões avançam 54%

Emplacamentos de caminhões avançam 54%

Pela primeira vez no ano, volume de vendas ultrapassa o patamar de 7 mil unidades mensais

No mês passado, os licenciamentos de caminhões somaram 7.439 unidades vendidas, altas de 11,6% sobre julho, quando o mercado absorveu 6.666 unidades e de 54,3% na comparação com agosto de 2017, com 4.821 emplacamentos. De acordo com os números da Fenabrave, a federação que reúne as distribuidoras de veículos, pela primeira vez no ano, os negócios ultrapassaram a casa de 7.000 caminhões mensais.
No acumulado do ano até agosto, as vendas totalizaram 46.444 caminhões negociados, crescimento de 50,78% sobre o anotado no mesmo período do ano passado, de 30.802 unidades emplacadas.

Em nota, o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, destaca que o desempenho de agosto reforça a expectativa de estabilidade do setor de distribuição de veículos para o ano. “Embora o cenário político esteja indefinido, o que nos impede de ter uma visão mais clara sobre seus efeitos na economia nos próximos meses, o mercado tem se comportado da forma esperada. A primeira quinzena de agosto, já demonstrava um aquecimento nas vendas, em comparação com o mês anterior. Este desempenho positivo tem, como pilares, a estabilidade dos índices de confiança e da inadimplência no setor da distribuição.”


No ranking de agosto dos cinco primeiros lugares, a Mercedes-Benz liderou as vendas com 2.095 caminhões negociados ou 28,16% do mercado. A Volkswagen Caminhões e Ônibus, na vice-liderança, emplacou 1.665 unidades, o que permitiu fatia de 22,44%. A Volvo segue em terceiro lugar, com 1.232 licenciamentos (16,56%), seguida pela Scania, que vendeu 864 caminhões (11,61%) e Ford, com 847 unidades negociadas (11,39%).
Fonte: Estadão