Eletromobilidade e tecnologias para segurança são destaques

Eletromobilidade e tecnologias para segurança são destaques do grupo Daimler na IAA

Eletromobilidade e tecnologias para segurança são destaques do grupo Daimler na IAA

Tecnologias que identificam o pedestre e podem gerar frenagens totais ou parciais, estão em praticamente todos os ônibus expostos, tanto da marca Setra, como da Mercedes-Benz.

Em relação à tecnologia menos poluente há dois destaques de produtos expostos.

Primeiramente o eCitaro, para aplicações urbanas, que será destinado ao mercado europeu. O ônibus é 100% elétrico e tem baterias que armazenam energia suficiente para em média um autonomia de 250 quilômetros.

O segundo destaque é o Citaro Hybrid (híbrido), que possui um motor a combustão e ultracapacitores que geram energia para sistemas periféricos e para momentos da operação como arrancada e subidas. De acordo com a Mercedes-Benz, o veículo pode gerar  uma economia de aproximadamente 8% de combustível. Na mesma proporção obtém-se a redução de emissões de poluentes.

Em relação à eletromobilidade a Mercedes-Benz não se restringiu apenas a ônibus. Existem veículos de testes, que serão em breve comercializados, como as vans Sprinter Vito, o caminhã de pequeno porte da Fuso e o Actros totalmente elétrico.

Já é realidade nos Estados Unidos o modelo de ônibus escolar Thoms Built Buses, outra marca do Grupo, que possui um banco de baterias com capacidade para proporcionar uma autonomia de aproximadamente 160 quilômetros. Essa autonomia é compatível com as operações desse tipo de transporte, que tradicionalmente tem trajetos menores e permitem que o ônibus fique parado.

Algumas das inovações tecnológicas apresentadas na edição deste ano da IAA, principalmente em relação à questão da segurança, em breve devem ser aplicadas no Brasil.

A perspectiva é para no futuro, quando o Brasil oferecer melhor infraestrutura de geração e distribuição elétrica, além de operação, a empresa também comercialize os modelos elétricos. Foi o que conversou o gerente de marketing da Mercedes-Benz no Brasil, Edson Brandão. Confira a entrevista na íntegra:

Entrevista com Edson Brandão, gerente de Marketing da Mercedes-Benz no Brasil

O Gerente de Marketing da Mercedes-Benz no Brasil, Edson Brandão, acompanha o grupo de jornalistas e influenciadores digitais brasileiros que foi à Feira IAA em Hanover, Alemanha, a convite da empresa.

Diário do Transporte: Quais são os destaques dessa feira em relação ao transporte de passageiros de maior capacidade?

Edson Brandão: Primeira o eCitaro, que é o nosso ônibus totalmente elétrico, com tecnologia Mercedes-Benz, segmento que estamos inovando. E também temos o veículo Híbrido Citaro, que também é destaque de vendas no mercado de vendas da Europa.

Diário do Transporte: Um detalhe curioso, que muita gente no Brasil pensa que ônibus híbrido é só com bateria e também com motor a combustão, esse Citaro Híbrido não é com baterias, certo?

Edson Brandão: O Híbrido usa ultracapacitores para fazer o armazenamento de energia. Tem uma maior durabilidade e confiabilidade na aplicação.

Diário do Transporte: Isso significa ampliação na vida útil do veículo?

Edson Brandão: Exato, porque esses ultracapacitores têm o mesmo tempo de vida do veículo, ou seja, 10 anos.

Diário do Transporte: Na área de transportes intermunicipais e regionais, quais as novidades?

Edson Brandão: Temos o Intouro, que faz a aplicação intermunicipal. Ele seria no Brasil equivalente ao nosso O-500 M, porque é piso alto, com suspensão pneumática e motor traseiro.

Diário do Transporte: Tem a Setra, que também é do grupo Daimler. Ela é uma empresa premium, certo? E vemos aqui na Feira IAA ônibus de grande categoria, inclusive veículos de dois andares e também HD…

Edson Brandão: Sim, é o Setra S-531 HDH, que é o Double-Decker que está com um pacote de segurança inovador, que é com ABA 4 (Active Brake Assist), que faz identificação de pedestre, e o Sideguard que identifica pontos cegos do lado direito.

Diário do Transporte: São algumas das novidades em relação à Setra. Esse modelo é novo, ou apenas o sistema?

Edson Brandão: Não, apenas a evolução de sistemas, os modelos são os mesmos já lançados em feiras anteriores.

Diário do Transporte: E para finalizar, voltando à mobilidade elétrica, tem o ônibus escolar para os Estados Unidos, inclusive pioneiro no Grupo Daimler em relação à tecnologia limpa, certo?

Edson Brandão: Exato. Essa á a facilidade de ter um Grupo com sete marcas diferentes de caminhões e ônibus, porque uma tecnologia de uma empresa, como da Thomas Built Buses, pode se transferir para outra aplicação na Europa ou no Brasil, o que nos dá uma maior eficiência de aplicação de componentes.

O que vale destacar é o fato das tecnologias poderem ser aplicadas em todo o portfólio de produtos. Então esses sistemas de segurança que estão sendo lançados no Setra também estão disponíveis nos Mercedes completos também, e é uma evolução constante. No Brasil lançamos a EBS, o ACC. Estas outras tecnologias estarão avançando no decorrer do tempo e com maturidade a gente vai levar para o Brasil.
Fonte: Diário do Transporte