Número de emplacamentos de ônibus tem alta de 18,48% no acumulado do ano

Número de emplacamentos de ônibus tem alta de 18,48% no acumulado do ano

Nos sete primeiros meses de 2017, foram 7.931 unidades vendidas, comparadas a 9.397 em 2018

Em um cenário de recuperação financeira do setor de transportes, os números são animadores para o mercado. O número de emplacamentos de ônibus apresentou uma alta de 18,48% no acumulado do ano, segundo informações da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), divulgadas nesta quarta-feira, 1º de agosto de 2018.

Nos sete primeiros meses de 2017, foram emplacadas 7.931 unidades, enquanto neste ano, foram 9.397. No período, houve um aumento de 1.466 ônibus vendidos.

A participação de mercado dos ônibus no acumulado também apresentou leve aumento, passando de 0,4% para 0,5%. Os caminhões passaram de 1,5% para 2% e os automóveis continuam liderando, com 56,8% de participação.

Comparando os meses de junho e julho deste ano, o número de emplacamentos quase dobrou, passando de 2.289 ônibus para 1.190, um aumento de 92,35%.

Considerando julho deste ano com o mesmo mês de 2017, também houve um aumento representativo. Houve um crescimento de 56,03% no número de unidades vendidas, pois no ano passado, foram 1.467 ônibus em julho.

O crescimento, porém, ocorre sobre uma base retraída, por conta da crise econômica instaurada no país em 2014. Desde então, foram registradas quedas sucessivas na produção de ônibus e veículos, em geral.

O número de emplacamentos de ônibus aumentou 9,9% no primeiro semestre de 2018, comparado ao mesmo período de 2017.
Em relação às marcas de ônibus, o ranking de emplacamentos não mudou.

A Mercedes-Benz continua liderando o segmento de ônibus com participação de 62% no primeiro semestre de 2018. A vice-líder continua sendo a Volkswagen, com 13,19%. A Marcopolo vem em seguida, com 9,97%.

Em caminhões, ambas as marcas também lideram, contudo, a Scania apresentou melhor desempenho que a Iveco em caminhões, mas o emplacamento de ônibus foi liderado pela fabricante italiana

Confira a participação de mercado de cada empresa no acumulado do ano no segmento de ônibus e caminhões:
Fonte: Diário do transporte