DICA PARA COMO SER CAMINHONEIRO NO EXTERIOR

COMO FAÇO PARA TRABALHAR COMO CAMINHONEIRO NO EXTERIOR?

Os caminhoneiros não ficam fora dessa e uma prova disso é que sempre se fala sobre as condições de trabalho dos caminhoneiros no exterior. Esse inclusive foi o tema de uma dúvida durante uma transmissão ao vivo no Facebook do Pedro Trucão. O parceiro Tiago Carvalho pergunta:


Como faço para trabalhar como motorista em outro país? O salário compensa?


Essa é uma pergunta que possui mais de uma resposta, pois depende de uma série de critérios. A experiência de sair do Brasil para trabalhar como motorista em outro país é algo muito particular e ser bem sucedido nessa depende de uma série de fatores.


A crença de que no exterior ser profissional do volante é muito melhor que no Brasil pode não estar tão correta. Claro que quando um motorista brasileiro compara suas condições com um europeu, vai achar que lá é melhor, mas, de forma geral, tudo lá é melhor, então quando comparado ao restante da população, os motoristas do primeiro mundo têm as mesmas reclamações que os daqui e os transportadores indicam as mesmas dificuldades que seus pares brasileiros.



Por isso, cabe a cada profissional avaliar sua própria situação, o que inclui pensar nas coisas que abrirá mão caso queira sair do país, na adaptação com uma nova língua e cultura, entre muitos outros fatores, para decidir se vale a pena ou não investir nisso.


 


O PROCESSO

Quanto à parte burocrática de sair do Brasil para trabalhar no exterior, vai depender muito do país que a pessoa escolhe para morar. No início do ano, Paula Toco esteve na Austrália e fez uma transmissão ao vivo com o paulista Davi, que é caminhoneiro em terras australianas, para que ele contasse sobre sua experiência. Na live, ele conta que o primeiro passo para trabalhar no exterior é estar no país que você pretende morar.


No caso da Austrália, é preciso tirar o visto e, pelo menos no processo inicial, quem deseja trabalhar lá deve ir com o visto de intercâmbio, para estudar a língua do país – no caso, o inglês – e se aperfeiçoar no idioma. Davi destaca que é necessário ter 80% de presença nas aulas, do contrário o estudante corre o risco de ter seu visto reportado. Durante esse período de estudos, o profissional pode trabalhar 20 horas semanais, o suficiente para se manter no país.

Fonte: Trucão

Esta postagem foi publicada em 23 de agosto de 2018 08:54

Compartilhar
admin_brasildotrecho

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhoneiro resgata cachorro abandonado e amarrado em uma rodovia

O pequeno cão foi amarrado com corda a um poste Um vídeo emocionante está abalando…

12 horas atrás

Esposa dar de presente um Caminhão a Sorocaba avaliado em R$ 800 mil para fazer um motorhome

Cantor Sorocaba ganha caminhão da esposa, veja quem mais é apaixonado pelas quatro rodas O…

12 horas atrás

Conheça as maiores máquinas de transporte do planeta

A humanidade sempre tenta superar cada vez mais Quando se fala em grandes potências que…

13 horas atrás

Vídeo mostra escavações sendo realizadas de forma inacreditável

Difícil de acreditar quando percebemos algumas situações de escavações sendo feitas de forma negligente, com…

1 dia atrás

Caminhoneiro faz piada e acaba sendo morto

Após uma brincadeira do caminhoneiro, o eletricista tomou uma atitude errada e completamente equivocada

1 dia atrás

Caminhoneiro na Argentina manda recado para o Presidente Bolsonaro

Caminhoneiro argentino grava um depoimento e envia recado para Bolsonaro e para os Brasileiros, para…

1 dia atrás