Propostas da Iveco para o transporte sustentável

Propostas da Iveco para o transporte sustentável


A Iveco participará do próximo IAA, o Salão Internacional de Veículos Comerciais de Hanover, Alemanha, de 20 a 27 de setembro, focada nas ofertas de veículos com tração alternativa que a fabricante dispõe para o mercado, especialmente para os países da Europa.
No estande no qual a marca batizou de Área de Baixa Emissão, a Iveco exibirá 18 modelos, dentre vans, ônibus e caminhões, concebidos para atender às mais exigentes normas ambientais, como também cumprir com a rentabilidade operacional do transportador.

A abordagem da empresa no evento estará representada com os veículos elétricos dedicados principalmente ao transporte de passageiros nas grandes cidades aos caminhões de longas distâncias rodoviárias movidos a gás natural ou liquefeito.



No caso dos motores a gás, a companhia destaca a vantagem da autonomia em relação à tecnologia elétrica, ao mesmo tempo em que é capaz de gerar grande redução na emissão de poluentes: 99% no material particulado e 90% no NO2, o tóxico dióxido de nitrogênio.

A marca colocará em destaque, por exemplo, cinco versões do Daily Hi-Matic Natural Power, o primeiro comercial leve movido a GNV equipado com uma caixa de transmissão automática de 8 marchas, e os médios EuroCargo, também com a proposta de serem equipados com motores a gás para operações como basculantes ou nas tarefas de varrição de rua.

Para as missões rodoviárias, a Iveco levará o Stralis NP, o primeiro caminhão a gás natural concebido para as aplicações de longas distâncias. Desta linha de pesados, dentre versões rígidas e articuladas, estará presente o Stralis X-Way Natural Power como betoneira com o misturador de concreto elétrico, e a mais recente introdução da empresa na gama, o Stralis NP 460, eleito como o veículo de baixo carbono do ano no Reino Unido.

“A pressão sobre o diesel aumenta a cada dia. Instituições a União Europeia e governos correm com políticas e subsídios para apoiar a conversão de frotas com tecnologias mais amigáveis ao meio ambiente”, afirma em nota Pierre Lahutte, presidente da marca Iveco, pertencente ao grupo CNH Industrial. “A Iveco demonstrará no IAA que sua oferta completa de eletricidade, gás natural ou liquefeito está disponível hoje como alternativa real aos veículos a diesel.”
Fonte: Estadão