ZF divulga conceito híbrido de eixo com transmissão manual automatizada

ZF divulga conceito híbrido 

ZF divulga conceito híbrido de eixo com transmissão manual automatizada

ZF divulga conceito híbrido de eixo com transmissão manual automatizada

Com a tecnologia eAMT (Transmissão Elétrica Manual Automatizada), a ZF desenvolveu um conceito inovador para a hibridização de veículos com tração dianteira transversal, por meio da integração de seu sistema de acionamento elétrico por eixo (eVD) e uma transmissão manual automatizada (AMT) em um único sistema.



O atuador da transmissão e o eixo traseiro elétrico operam em conjunto com interação inteligente. Isso resulta no conceito do eAMT, que não interrompe a força de tração. O motor elétrico preenche a lacuna na força de aceleração da AMT devido ao seu design.




Além das funções híbridas de acionamento elétrico, recuperação e impulso, o eAMT oferece também tração elétrica às quatro rodas. O software da ZF regula a rede e coordenação do motor de combustão interna e, ao mesmo tempo, o motor elétrico e a transmissão automatizada.




Para a hibridização de veículos pequenos e compactos com tração dianteira, sensíveis a preço, os maiores desafios atualmente são o custo adicional e o esforço de desenvolvimento, além do espaço limitado de instalação. “Com o eAMT, a ZF desenvolveu um motor híbrido plug-in completo para veículos com tração dianteira transversal. Isso aumenta a flexibilidade para os fabricantes de veículos. Eles podem utilizar plataformas existentes para implementar máquinas convencionais ou híbridas plug-in”, explica Norman Schmidt-Winkel, desenvolvedor funcional de propulsões elétricas da ZF.




O conceito ZF integra uma transmissão manual automatizada e um sistema de acionamento de eixo elétrico no eixo traseiro em uma unidade. Em algumas classes de veículos, as transmissões automáticas estão fora de questão devido a peso, espaço ou custo. Neste cenário, a automatização das transmissões manuais é uma excelente maneira de aumentar significativamente o conforto e a eficiência dos motoristas, uma vez que eles não precisarão acionar a embreagem ou trocar de marcha.




Impulso elétrico e tração da parte traseira




O acionamento elétrico do eixo traseiro não apenas suporta mudanças de marcha, mas também pode ser ativado automaticamente e em velocidade-relâmpago, assim que um impulso adicional for necessário em uma ultrapassagem, por exemplo, ou quando a tração nas quatro rodas for necessária em trechos escorregadios da estrada. Além disso, a ZF dimensionou o motor elétrico no veículo de demonstração para ser mais potente, de forma que ele tenha capacidade de se mover apenas com energia elétrica. Dessa forma, ele viaja em modo totalmente elétrico e com zero emissões locais. Este modo de operação eAMT é especificamente apropriado à condução urbana, modo de fluência em engarrafamentos, assim como manobras e estacionamentos em geral. Por outro lado, o eAMT também permite navegar, isto é, poupar energia enquanto ele desliza junto com o acionamento do motor de combustão desengatado.




Essa função se beneficia da máquina assíncrona (ASM) na parte traseira. Diferente das máquinas síncronas de campo permanente (PSM), a primeira gira sem resistência, desde que o gerente híbrido não a acione. O híbrido plug-in também possui recursos conhecidos, como a parada e recuperação automáticas do motor. Com o eAMT, os fabricantes podem selecionar livremente o escopo funcional dos futuros híbridos plug-in e determinar o nível de potência dos seus motores elétricos.

Fonte:Eae Maquinas