Líder dos caminhoneiros convoca 50 mil motoristas para reiniciar greve, mas só 4 aparecem ao local

 Líder dos caminhoneiros


O caminhoneiro Wallace Landim, conhecido como "Chorão", fez uma convocação da categoria nas redes sociais chamando motoristas do Distrito Federal (DF) a retomarem a greve em um grande encontro que deveria reunir 50 mil na frente do Estádio Mané Garrincha. 

Wallace diz ser caminhoneiro, mas é filiado ao partido Podemos, do presidenciável Álvaro Dias, além de destacada aliado do senador Ronaldo Caiado (DEM), pré-candidato ao governo do estado de Goiás. 


Ao lado do deputado federal Cabo Daciolo (Patriota), pediu "redução de tributos também na gasolina, álcool e gás de cozinha", mas negou ter intenções partidárias. 
Desta vez, o líder pede garantias de que o preço do diesel fique abaixo dos R$3 e da gasolina abaixo de R$3,15 pelo menos até o fim de 2018. 
Peço que todos descarreguem seus caminhões para abastecer a população e peguem os seus cavalinhos e venham aqui pra Brasília, que aqui vamos continuar. 
governo federal, no entanto, afirmou que as negociações formais com a categoria já foram encerradas em nota divulgada à imprensa. 
Apucarana e região Em Apucarana e outras cidades da região norte do Paraná, a maioria dos caminhoneiros adianta que não pretende paralisar as atividades novamente.


Fonte: TN ONLINE