Scania fornecerá caminhões para projeto de eletrificados


O governo alemão anunciou que contribuirá com o financiamento de projeto para testar e desenvolver tecnologias de estradas elétricas, projeto liderado pelo Grupo Volkswagen em conjunto com a Siemens. Para a pesquisa, a Scania fornecerá caminhões híbridos para longas distâncias rodoviárias, que incialmente serão testados em três diferentes áreas de rodovias públicas com energia elétrica fornecida pelas linhas áreas.
O projeto chamado “Trucks for German eHighways”, em tradução livre caminhões para estradas elétricas alemãs, tem como objetivo reduzir a emissão de carbono dos veículos comercias pesados rodoviários. Entre os anos de 2019 e 2020, os caminhões elétricos serão testados em três novas rodovias eletrificadas da Alemanha.


“Para o transporte de carga por longas distâncias, a Scania enxerga as estradas elétricas como uma tecnologia promissora para um futuro de transporte sustentável”, afirma Claes Erixon, vice-presidente executivo de pesquisa e desenvolvimento da Scania. “A eletrificação de veículos se desenvolve rapidamente e, com seus benefícios ambientais, sociais e de custo, terá um papel importante na mudança para um sistema de transporte livre de combustíveis fósseis.”


O gerenciamento do projeto é de responsabilidade da divisão de pesquisas do Grupo Volkswagen, do qual a Scania faz parte. A companhia contribuirá com recursos e conhecimento a respeito da eletrificação de automóveis para aproveitar sinergias na eletrificação de veículos comerciais pesados.

Em uma primeira fase, a Scania fornecerá dois protótipos híbridos com diferentes tipos de motor: um terá uma única bateria com capacidade de 15 kWh, o outro, várias baterias para maior capacidade de armazenamento. A Siemens entrará com o fornecimento de pantógrafos, montados no chassi dos caminhões, logo atrás da cabine.

A Scania executa projeto semelhante na Suécia e deve aproveitar a experiência na Alemanha.  “No projeto alemão, as áreas de pesquisa mais importantes serão analisar e otimizar o conceito de trem de força, gerenciamento de energia, transmissão híbrida, envelhecimento da bateria e sistema de resfriamento da próxima geração”, resume Christer Thorén, gerente de projeto de tecnologia de estradas eletrificadas da Scania.
Fonte: Estadão