Categorias: Uncategorized

Cummins Brasil inaugura Programa Educação Técnica para a Comunidade no Rio de Janeiro

Objetivo da companhia é qualificar mais pessoas para incluí-las no mercado de trabalho.
20/04/2018 – Exatos 36 dias após a inauguração da nova escola Victor Civita, em Guarulhos (SP), atual referência educacional na região, a Cummins Brasil celebra um novo feito histórico em suas ações lideradas pela área de Responsabilidade Corporativa voltadas à educação. A líder mundial com extenso portfólio de produtos e soluções em tecnologia oficializa o hoje (20) o início do Programa Educação Técnica para a Comunidade (TEC), no Rio de Janeiro (RJ), em parceria com a instituição de ensino Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), subsidiada pelo Governo do Estado, e a líder global na transformação digital em gestão da energia elétrica e automação, Schneider Electric.
A cerimônia de inauguração e celebração promovida na Faetec de Marechal Hermes, no Rio de Janeiro (RJ), contou com a participação de Luis Pasquotto, presidente da Cummins Brasil e vice-presidente da Cummins Inc., do presidente da Schneider Electric para o Brasil, Cleber Morais, e do vice-presidente da Faetec, Gilson Rodrigues. “O TEC nasce da necessidade de elevar as oportunidades de jovens de baixa renda para o mercado de trabalho, preenchendo também o gap de mão de obra qualificada”, disse Pasquotto.
O programa global da Cummins Inc., já implementado em outros países pela Cummins, como Peru, Turquia, Nigéria, Marrocos, China, EUA, ou seja, um total de 22 sites TEC no mundo, é um incentivo aos jovens que não têm a oportunidade – por falta de recursos e/ou investimentos – de realizarem um curso técnico. A meta é fazer com que os participantes, ao término do programa, saiam como trabalhadores qualificados, com salário fixo, elevando ainda o índice de empregabilidade.
O projeto global de Responsabilidade Corporativa TEC é padronizado, pode ser implementado em qualquer região e traz alguns elementos básicos, como um currículo efetivo, qualificação dos professores, identificação do desejo dos jovens selecionados em atuar na área técnica, com monitoramento para eles consigam imaginar uma oportunidade de trabalho e experiência prática nas disciplinas mecânica e elétrica.
O trabalho dedicado no Brasil teve início em 2014, após estudos para verificação do local mais adequado, com base em dados sócio-econômicos como índice de desemprego e pobreza, PIB, potencial de crescimento nos negócios e viabilização de parcerias tanto escola como indústria. Em 2015, a Faetec foi identificada como escola, com capacitação técnica alinhada ao objetivo do projeto da Cummins. Por meio da força-tarefa liderada pelos voluntários da empresa, com incremento de carga horária em algumas disciplinas e suplementos no currículo de mecânica, com conteúdos atualizados e duas novas disciplinas – Noções de Mecânica Diesel e Noções de Geração de Energia, o novo Curso Técnico em Mecânica foi tomando corpo.
A busca por parceiro indústria integra a filosofia do projeto. “O objetivo nesse caso é buscar fornecedores e parceiros que tenham afinidade com os nossos negócios; é olhar pra dentro e ver quem são os potenciais parceiros. E a Schneider Electric foi uma das companhias que se aproximou e aceitou apoiar o projeto”, diz Marcelo Forster, gerente de filial Cummins Vendas e Serviços do Rio de Janeiro e Macaé (RJ).
Além de todo o trabalho de desenvolvimento, a Cummins realizou a doação de quatro motores, 20 novos computadores, ferramentas diversas para o laboratório de metrologia e um gerador Diesel. A Schneider Electric, por sua vez, concedeu dez bancadas elétricas para a instituição de ensino.
Os 30 alunos da primeira turma já formam selecionados por meio de um concurso público promovido pela Faetec, entre dez/17 e janeiro deste ano. As aulas foram iniciadas no dia 19 de fevereiro, sendo o novo curso terá duração de três anos, com carga horária de 4415 horas no total (1604 horas no 1º ano, 1605 no 2º ano e 1206 hora no último ano).
Sobre a Cummins Inc. – A Cummins é líder mundial em energia, é uma empresa do segmento de negócios complementares que projetam, fabricam, distribuem e atendem um amplo portfólio de soluções de energia. Os produtos da empresa vão de motores a diesel e de gás natural a plataformas híbridas e elétricas, bem como tecnologias relacionadas, incluindo sistemas de bateria, sistemas de combustível, controles, controle de ar, filtragem, soluções de emissão e sistemas de geração de energia elétrica. Com sede em Columbus, Indiana (EUA) desde a sua fundação, em 1919, a Cummins emprega atualmente cerca de 58.600 pessoas comprometidas com a promoção de um mundo mais próspero.
A Cummins atende clientes em cerca de 190 países e territórios através de uma rede de cerca de 500 parceiros e distribuidores independentes, e aproximadamente 7.500 pontos de revenda. A Cummins teve um faturamento de 1 bilhão de dólares em vendas, do total de 20,4 bilhões de dólares em 2017. Acesse as notas à imprensa no site www.cummins.com.br. Siga a Cummins no Twitter www.twitter.com/cummins e no YouTube www.youtube.com/cumminsinc


Esta postagem foi publicada em 23 de abril de 2018 08:18

Compartilhar
admin_brasildotrecho

Deixe um comentário

Postagens recentes

Caminhoneiro alerta motoristas sobre distância de segurança entre os carros

A diva é muito importante durante períodos chuvosos O caminhoneiro do canal do YouTube diário…

11 horas atrás

Caminhoneiro com caminhão quebrado ganha surpresa inimaginável

Caminhoneiro é surpreendido por caminhonete na estrada Um vídeo muito emocionante divulgado pelo canal do…

11 horas atrás

Caminhoneiro irritado joga mercadoria no chão após manobra

Praticamente toda carga caiu após manobra realizada pelo motorista Que os ânimos dos caminhoneiros estão…

11 horas atrás

Nova bomba entre Neni e a Pakita surge nas redes sociais

O influenciador e caminhoneiro rasgou o verbo na nova polêmica A polêmica girou após o…

1 dia atrás

PRF desmonta pneu para  encontrar 200 kg de droga no interior

Caminhoneiro que transportava 200 kg de droga dentro de pneu acaba preso A Polícia Rodoviária…

1 dia atrás

Caminhoneiro leva multa por excesso no eixo a apenas 10 quilômetros do destino da carga

O caminhoneiro havia viajado cerca de mil quilômetros Um caminhoneiro não teve muita sorte enquanto…

1 dia atrás