Scania apresenta ônibus biarticulado novo para Curitiba

                                          Foto: Albari Rosa
fabricante de veículos Scania apresentou, nesta quarta-feira (22), um ônibus biarticulado construído especificamente para operar dentro dos padrões exigidos pela prefeitura de Curitiba. Com isso, a empresa pretende disputar o mercado curitibano de biarticulados, que é dominado exclusivamente pela Volvo.

O novo veículo foi apresentado nesta quarta-feira (22) para o prefeito Rafael Greca (PMN), representantes da Urbs e das empresas operadoras do transporte coletivo.
A apresentação do veículo aconteceu uma semana depois de a prefeitura de Curitiba anunciar um acordo com as empresas que operam o transporte coletivo que vai permitir a compra de 450 novos ônibus até 2020. No evento de apresentação desta quarta, o prefeito Rafael Greca voltou a dizer que a renovação da frota não vai acarretar aumento no valor da passagem de ônibus.

Testes
A partir de agora, a Urbs começa um processo para a homologação do novo veículo e, após essa análise, o biarticulado será testado no sistema do transporte coletivo de Curitiba. Segundo o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, esse processo não terá custos e ainda não há um prazo estipulado para que o ônibus passe a operar em Curitiba.

Apesar de a prefeitura ter participado do evento, a escolha do ônibus que será comprado é das empresas que operam o transporte coletivo. O Executivo determina as características que devem ser atendidas e as empresas buscam a melhor compra no mercado.

“A competitividade é salutar para o mercado de Curitiba e para o mercado nacional. Ela traz um novo espaço para a otimização de custos. Nós estamos analisando o mercado, buscando um ônibus que ofereça a melhor qualidade de serviço ao menor custo”, afirmou Maurício Gulin, presidente do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana.

Redução de preço?
Para Silvio Munhoz, diretor de vendas de ônibus da Scania, a entrada a empresa no mercado curitibano pode reduzir os preços dos ônibus.

“É a primeira unidade de biarticulado que construímos para o padrão Urbs, feito especificamente para o sistema de transporte urbano de Curitiba que tem suas particularidades, tem dimensão de porte diferenciada que exige uma engenharia distinta de todo o resto do Brasil. Desenvolvemos com o objetivo de trazer competitividade ao sistema e daí propiciar uma redução de custos”, afirmou.

Segundo Munhoz, o modelo apresentado pela empresa também traz vantagens operacionais, com a “busca constante da redução do consumo de combustível”.

O modelo
O biarticulado, que foi construído em São Paulo, tem 28 metros de comprimento e transporta 270 pessoas. A carroceria foi construída pela empresa Caio e o veículo levou 10 horas para fazer o trajeto de São Paulo a Curitiba – já que, por suas dimensões, tem velocidade limitada a 60 km/h.
Fonte: Tribuna PR