Faixa na rua rende chance de emprego

Faixa na rua rende chance de emprego
                             Breno pediu oportunidade após oito meses sem carteira assinada
Depois da repercussão nas redes sociais e na imprensa, o motorista de caminhão Breno Oliveira Barbosa, 34, que foi para a rua com uma faixa pedindo emprego, já fez cinco entrevistas. “Estou participando de um processo seletivo”, diz.


Nesta sexta-feira (13), ele vai fazer mais duas entrevistas de emprego. “Espero ter uma boa notícia em breve, já que na próxima terça-feira sigo com o processo seletivo. As coisas estão caminhando”, conta, cheio de esperança de conseguir a tão sonhada vaga.
O caminhoneiro conta que ficou surpreso com a repercussão. “Recebi propostas para fazer carreto, mensagens de apoio. Tem muita gente querendo ajudar”, observa.
Barbosa trabalhou de fevereiro até setembro como motorista autônomo. “Estou sem trabalho com carteira assinada desde janeiro deste ano”, diz. Com a esposa cuidando da filha de quase três meses e um enteado de 13 anos, ele diz que a responsabilidade pelo sustento da família é dele. “Fico preocupado com o aluguel”, diz.
fonte: O Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.