Polícia Civil localiza desmanche de caminhões em Várzea Paulista

Jovem de 19 anos foi preso dentro do galpão usado pela quadrilha. Investigação procura comparsas que ajudam a adulterar os veículos.




Polícia Civil estourou um desmanche de caminhões na tarde desta segunda-feira (28), em Várzea Paulista (SP). Um jovem de 19 anos foi preso no local. A polícia suspeita de que pelo menos 30 caminhões tenham sido desmontados ou adulterados em um mês.
Segundo a investigação, o galpão com ferramentas e caminhões poderia ser confundido com uma oficina mecânica. No entanto, o prédio era o ponto de receptação de uma quadrilha especializada em roubo de veículos de carga.
O trabalho dos policiais começou há pouco mais de um mês, quando a polícia percebeu que carretas furtadas em outras cidades eram abandonadas na região. Com a suspeita, na madrugada de domingo (28), um investigador viu quando dois homens entraram com um caminhão no galpão, que já era monitorado. O veículo tinha sido roubado em São Paulo.

“O rapaz foi autuado em flagrante por receptação qualificada, adulteração de sinal identificador de veículo e associação criminosa, que é o crime de formação de quadrilha. A nossa próxima etapa da investigação será apurar as outras pessoas do bando”, diz o delegado Marcelo Fehr.
No galpão, a equipe encontrou dois suspeitos e três caminhões sendo desmontados. Um rapaz foi preso e o outro conseguiu fugir. De acordo com o delegado, mais pessoas podem estar envolvidas no crime de adulteração dos veículos.

Equipamentos usados para bloquear rastreadores de caminhões também foram apreendidos. Ainda segundo a polícia, eles eram usados para impedir que os veículos fossem encontrados.
A partir da prisão do rapaz, a Polícia Civil tentará localizar a quadrilha e para onde as peças e os veículos eram vendidos.


FONTE: G1